Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
68 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56825 )
Cartas ( 21161)
Contos (12584)
Cordel (10011)
Crônicas (22151)
Discursos (3132)
Ensaios - (8954)
Erótico (13387)
Frases (43345)
Humor (18383)
Infantil (3751)
Infanto Juvenil (2630)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138024)
Redação (2918)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2394)
Textos Jurídicos (1923)
Textos Religiosos/Sermões (4766)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Lições poéticas do Paranoá -- 01/02/2018 - 00:19 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Lições poéticas do Paranoá



Jan Muá

31 de janeiro de 2018





Viajo na mobilidade matricial destas águas

que me assombram e me prendem

na profunda poesia que me entregam

elas vão elas vêm

elas ondulam na grande superfície lacustre do Paranoá

no ócio existencial que as tonifica

deixam-se embalar pelos ventos

em sucessivas coreografias

e cenários de mobilidade exemplar

que caracterizam o movimento essencial

que as tornam notórias dançarinas

no largo espaço onde mostram personalidade e estilo

elas têm maneira própria de abrir seu caminho

e sua linguagem essencial a toda a hora diz

que a vida é andar e caminhar

de recado dado prosseguem móveis

sob o testemunho das nuvens de chuva e das garças brancas

simulando um tapete estendido em ritmo móvel

enquanto os olhos

embalados na magia metafísica do movimento

quase se perdem na contemplação de ocultos segredos

que a Natureza

secretamente lhes vai entregando com parcimônia.



Jan Muá

Paranoá, 31 de janeiro de 2018

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 142 vezesFale com o autor