Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
120 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56608 )
Cartas ( 21127)
Contos (12502)
Cordel (9854)
Crônicas (21850)
Discursos (3121)
Ensaios - (9995)
Erótico (13199)
Frases (41606)
Humor (17732)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2329)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137008)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4497)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Pastel Goth -- 02/02/2018 - 14:43 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Pastel Goth
Você achou que eu usava roupas escuras
Por causa da depressão e suas palavras duras
Porém preta é uma cor séria demais
Para quem mistura todas as cores na paz

Troquei caveiras quietas e misteriosas
Por unicórnios com asas coloridas
Troquei cruzes invertidas por rosas
Porque elas curam quaisquer feridas

Por dentro posso até ser triste
Porém por fora desejo alegria
Eu sei que o amor existe
Muito além da Poesia

Troquei a calça de couro
Pela saia de tule rodada
O giro do vestido vale ouro
Quando imita a Lua de madrugada
Com o mais puro sentimento
Sei que ao mesmo tempo

Que sou dura e obscura
Mas, também tenho ternura
Mesmo sem ser bipolar
Minha alma tem terra e mar

A leve guirlanda de flores
Protege a minha mente
De invejas cheias de dores
Com um jeito meigo e inocente

Não sou coxinha e nem mortadela
Já que você me chamou de Goth Pastel
Sempre serei uma proibida donzela
Se vestindo como um anjo do céu.
Luciana do Rocio Mallon



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui