Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
112 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56727 )
Cartas ( 21128)
Contos (12519)
Cordel (9865)
Crônicas (21898)
Discursos (3121)
Ensaios - (10001)
Erótico (13200)
Frases (41737)
Humor (17749)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5449)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137078)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4526)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Poeta Don Juan Que Vende Rosas de Plástico e Bijuteria -- 03/02/2018 - 17:30 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Poeta Don Juan Que Vende Rosas de Plástico e Bijuteria
Minha suave e fresca brisa da manhã
Perdeu-se no peito de um poeta Don Juan
Que vende rosas de plástico e bijuteria
Com frases baratas camufladas de Poesia

Sua máscara é feita das asas de uma mariposa escura
Pois ele é um ladrão sadomasoquista de espíritos
Ele promete paixão, mas depois só deixa amargura
Algemada em postes que iluminam sonhos líricos

Sua língua vermelha, felpuda e indecente
Vira chicote nas costas da pobre donzela
Que acreditou numa promessa inocente
Em troca da sua pele pura, nobre e bela

Ele vende rosas de plásticos e bijuterias
Pois não sabe que o coração é uma joia rara
Ontem seus olhos destruíram um lar com negra magia
Se, hoje, corro atrás dele sem esperança e alegria
É porque não tenho vergonha na cara
Porque viciei em algema, corda e amarra

Ele escreve frases para qualquer moça
Dizendo: “Ela sofre, ela sente, ela é paz”
Um dia ele beijou meu rosto que virou louça
Debaixo de um firmamento misterioso e lilás

O Don Juan faz da mulher, uma boneca inflável
Que depois vira uma bailarina de caixa de música
Ontem, fui um brinquedo, isto é lamentável
Hoje sou uma dançarina numa canção lúcida

O Don Juan sem nenhum sentimento
Realiza cerimonial de casamento
Vendendo bombom e tirando fotografia
Mas cuidado com este Don Juan da Poesia.
Luciana do Rocio Mallon






Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui