Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
116 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56911 )
Cartas ( 21134)
Contos (12535)
Cordel (9883)
Crônicas (21940)
Discursos (3125)
Ensaios - (10031)
Erótico (13216)
Frases (41974)
Humor (17835)
Infantil (3614)
Infanto Juvenil (2348)
Letras de Música (5450)
Peça de Teatro (1313)
Poesias (137252)
Redação (2891)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2382)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4538)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Cale-se Por Favor -- 13/05/2018 - 16:38 (Lita Moniz) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

 

 

                Dedico este poema a muitas mães que no dia das mães o

       único presente que receberam foi um “Cale-se” Muitas

       já com idade avançada doentes, carentes a passar pelo

       teste  da humildade;  outras não tão idosas assim, mas a

       verem seus filhos a seguirem caminhos que não lhe ensinou,

       a  vida se encarregou de fazer o estrago.

       Outras a  verem seus filhos vítimas  de uma atração fatal,

       dominadora, possessiva, destrutiva.

       Às mães que hoje receberam  presentes, beijos e abraços e às mães

       Que hoje de presente receberam apenas um “Cale-se, por favor!” parabéns

       e um forte abraço.

 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 6Exibido 40 vezesFale com o autor