Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
35 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56736 )
Cartas ( 21160)
Contos (12583)
Cordel (10005)
Crônicas (22135)
Discursos (3131)
Ensaios - (8937)
Erótico (13379)
Frases (43213)
Humor (18338)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2600)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137959)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2387)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4728)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->SIM? -- 12/06/2018 - 16:58 (Professor Marcelo Guido Noronha) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Caraguatatuba/SP, 12 de outubro de 2017 – 04:04:11

SIM?

Marcelo Guido

 

 

 

 

Outros tempos fossem, uma carta escreveria

Só para tentar explicar

Aquilo que não é possível encontrar as palavras para dizer

Face sua distância... Instransponível...







Poesias outrora poderosas, hoje se revelam ineficazes

E á tão difícil para eu enfrentar

As dores que me coração tenta maquiar... em vão:

Meu amor há tempos que é só seu e isso nunca vai mudar...







Mesmo quando eu procurar a minh`alma para buscar uma outra verdade

Sobre o amor que nós compartilhamos em forma de amizade

Colorida ou não

Quando, pois, me pergunto por que você não está aqui... Comigo....







E, um dia, mesmo que, simplesmente, vá embora (como tantas outras)

Ainda assim eu não sentirei o ódio...

Meu coração ainda baterá por você... mesmo que sangre...

Em um sentimento incomensurável...

 

 

Em que eu não oculte a dor

Tal como agora não consigo esconder o que eu sinto por você

Em noites mal dormidas, em que eu rezo para que você me ouvir

Mesmo que em sonhos: somente nos meus sonhos







Não esquecendo cada palavra dita... sorrisos

O que me fez  levar você para aqui dentro: Cedo ou tarde você perceberá...

Que amor assim acontece uma vez na vida

Que abra seus olhos, faça acontecer e deixe-me fazer valer a pena... Sim?
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui