Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
27 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56410 )
Cartas ( 21156)
Contos (12572)
Cordel (9941)
Crônicas (22079)
Discursos (3130)
Ensaios - (9116)
Erótico (13328)
Frases (42852)
Humor (18217)
Infantil (3699)
Infanto Juvenil (2511)
Letras de Música (5461)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137703)
Redação (2905)
Roteiro de Filme ou Novela (1051)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4608)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Dores -- 21/08/2018 - 11:15 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Ninguém sabe as dores

Ninguém sabe das cores

Nem as flores sabem

Elas exibem suas cores

Vivem no oceano de pétalas

Quem dera, se delas

As dores, coloridas fossem

Ou não fossem

Nada seriam se existentes,

Não fossem

Não nasceriam

E sorrindo, nasceria o rebento

Atento aos olhares

Algozes dos seres
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui