Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
53 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56399 )
Cartas ( 21119)
Contos (12482)
Cordel (9833)
Crônicas (21793)
Discursos (3122)
Ensaios - (9978)
Erótico (13197)
Frases (41437)
Humor (17685)
Infantil (3603)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5445)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (136909)
Redação (2885)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4473)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->FARSA -- 09/09/2018 - 10:06 (Nelson de Medeiros Teixeira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

FARSA
 


Já vi de quase tudo neste mundo;
Até vi muito além da face humana!
Vi muita gente astuciosa que engana, 
E disso sente o orgulho mais profundo!

Vi homem “santo” (reles vagabundo), 
Passar barro por fina porcelana!
E quanta gente eu vi que inda se ufana,
De ter sido o embusteiro mais imundo!

Conheço, assim, desta turba a ideologia;
Todo o tamanho de sua hipocrisia,
Suas perfídias, falácias e trapaças!

E em meio a esta maquiavélica gente,
Tu foste ( dentre todas) certamente,
A mais perfeita de todas as farsas!

 

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 2Exibido 45 vezesFale com o autor