Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
34 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56421 )
Cartas ( 21156)
Contos (12573)
Cordel (9960)
Crônicas (22079)
Discursos (3130)
Ensaios - (8871)
Erótico (13328)
Frases (42861)
Humor (18221)
Infantil (3700)
Infanto Juvenil (2513)
Letras de Música (5461)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137708)
Redação (2905)
Roteiro de Filme ou Novela (1051)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4608)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Ele Queria um Cobertor de Orelha, Mas Dei Meias de Poemas Pa -- 30/09/2018 - 18:43 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Ele Queria um Cobertor de Orelha, Mas Dei Meias de Poemas Para Cobrir Seu Pé do Ouvido



Ele me falou que queria um cobertor de orelha

Então a timidez chegou e me deixou vermelha

Assim coloquei meias de poemas ao pé do seu ouvido

Pois vi que ele estava frio e com o espírito sofrido



Caluniaram-me falando que minha orelha não era virgem

Minha orelha não é santa, mas o resto do meu corpo é intacto

Porque ele não aceita carinhos nem toque sem origens

No espírito e na alma eles podem causar cruel impacto



O problema é que até as paredes geladas tem ouvido

Ele desejava um vulgar cobertor de orelha

Que cobrisse seu corpo pecador e arrependido

Porém dei meias de poemas quentes de centelha

Não aceitando as flechas do travesso cupido.

Luciana do Rocio Mallon









Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui