Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
118 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56476 )
Cartas ( 21121)
Contos (12490)
Cordel (9844)
Crônicas (21811)
Discursos (3122)
Ensaios - (9984)
Erótico (13198)
Frases (41511)
Humor (17698)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (136967)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4479)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->BUQUÊ DE ROSA -- 01/10/2018 - 15:42 (Nelson de Medeiros Teixeira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

BUQUÊ DE ROSAS

 
No corredor do vetusto santuário,
Trazendo rosas e um terço na mão,
Passou por mim, qual fosse ficção,
Uma musa rezando o seu rosário! 
 
Sua presença era todo o cenário;
Seu gesto leve e terno de oração
Fez calar a descrente multidão,
E encheu de luz o velho campanário!
 
Mas a angustia (ai de mim) chegou-me ao vê-la...
Quem me dera  pudesse tão rara estrela,
Voltar ao céu da minha solidão!
 
Não pude me conter; rolou-me o pranto,
Pois, fora um dia, todo o meu encanto,
Aquela noiva de  buquê na mão!
 
 

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 2Exibido 30 vezesFale com o autor