Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
124 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56733 )
Cartas ( 21128)
Contos (12527)
Cordel (9865)
Crônicas (21901)
Discursos (3121)
Ensaios - (10001)
Erótico (13200)
Frases (41767)
Humor (17750)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5450)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137080)
Redação (2887)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4528)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Mulher de Fio-Dental Debruçada na Janela -- 02/10/2018 - 19:27 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Mulher de Fio-Dental Debruçada na Janela
Ela adormeceu de fio-dental
E sonhou com o suave astral
Assim pela manhã abriu a cortina
Feita de filó leve de bailarina

O Sol entrou pela janela
Iluminando a musa bela
Só o seu traseiro não recebeu a luz
Dentro de fio-dental que a todos seduz

Seu sorriso virou um outro Sol
Mais luminoso do que o farol
Só seu fio-dental transformou-se em Lua
Numa promessa nua, crua e dura
Assim se sentiu a atriz Paola seminua

Abrindo as cortinas da cor marfim
Vestindo um fio-dental carmim
Nunca mais ela se sentirá assim

Ela postou a foto de fio-dental
Na famosa rede social
Mas a inveja dos moralistas
Tirou esta imagem das listas.
Luciana do Rocio Mallon





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui