Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
121 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56597 )
Cartas ( 21127)
Contos (12497)
Cordel (9854)
Crônicas (21848)
Discursos (3121)
Ensaios - (9994)
Erótico (13199)
Frases (41604)
Humor (17726)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137016)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4492)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Neutro -- 12/10/2018 - 12:45 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Neutro
Sou neutro igual aquele xampu transparente
Que lava os cabelos de qualquer tipo de gente
Mas o xampu para cabelos oleosos
Promete deixar os fios brilhantes e sedosos

Já o xampu para cabelos secos e danificados
Promete deixar os fios cintilantes e renovados
Porém, como eu sou neutro lavo o cabelo de todo mundo
De um jeito sem partido, porém muito profundo
Deixando as madeixas perfumadas tirando tudo que é imundo

Eu sou neutro, mas nunca fui fascista
Lavo até fio que não está na minha lista!
Ás vezes, sou feito de maçã ou de glicerina
Porém não sou explosivo como nitroglicerina

O átomo tem elétrons, prótons e nêutrons
Até a menor partícula possui neutro
Sou neutro, posso ser xampu ou sabonete
Por isto sou amigo da escova e do pente.
Luciana do Rocio Mallon





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui