Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
110 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56597 )
Cartas ( 21127)
Contos (12497)
Cordel (9854)
Crônicas (21848)
Discursos (3121)
Ensaios - (9994)
Erótico (13199)
Frases (41604)
Humor (17726)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137016)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4492)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->No Meu Túmulo Haverá um Jasmim, Porque Jaz Mim -- 02/11/2018 - 13:18 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
No Meu Túmulo Haverá um Jasmim, Porque Jaz Mim
Vejo uma coroa de coloridos e delicados cravos
Nos túmulos dos trabalhadores e escravos
Observo ramalhetes perfumados de rosas
Nas lápides das damas formosas e caridosas

Olho vasos de suaves e leves margaridas
Nas capelas de quem curava as feridas
Percebo boca-de-leão ao lado dos túmulos das fofoqueiras
Que, muitas vezes, diziam notícias verdadeiras

Mas no meu túmulo quero apenas um jasmim
Porque na minha lápide de mármore e marfim
Estará escrito esta frase sem fim
Tão brilhante como o cetim:
Aqui, jaz mim.
Luciana do Rocio Mallon



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui