Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
39 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56424 )
Cartas ( 21156)
Contos (12574)
Cordel (9961)
Crônicas (22080)
Discursos (3130)
Ensaios - (8871)
Erótico (13328)
Frases (42863)
Humor (18223)
Infantil (3700)
Infanto Juvenil (2513)
Letras de Música (5461)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137711)
Redação (2905)
Roteiro de Filme ou Novela (1051)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4608)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Visita com amor e medo -- 09/02/2019 - 10:18 (paulino vergetti neto) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Visita com amor e medo







Não sou triste,

antes desértico de alegria

porque perseguem-me choros estranhos

desejos medonhos.

A voz entupida por raro silêncio

descompondo estradas,

cortando pernas,

fechando os olhos.



Decifro seu desejo e abro os braços em meu melhor abraço.

Dou-lhe um beijo doce, demorado, apertado.

Espero pelo risco de suas pegadas,

beijo-a antes mesmo de sua chegada,

quase não a deixo sair.



Caímos sobre a cama cúmplice de sabores

e como se não houvesse quaisquer dores,

dou-lhe mais tantos abraços.

Seus lábios vermelhados suspiram...

é hora de ir-se, o medo aumenta,

o perigo ronda.

Olho em seus olhos e dou o recado que sai do coração,

estendo-lhe as mãos e digo:

és o meu melhor doce depois dessa farta refeição.

Vai, mas leva contigo meu coração.

Deixe apenas a poesia que te encanta e te traz

aos meus braços, quase todos os dias

Mesmo entre receios e agonias,

mas cheio de amor e de esperança.





https://www.recantodasletras.com.br/poesias-de-vida/6570660



Poema inédito (09/02/2019)

Paulino Vergetti

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 18Exibido 27 vezesFale com o autor