Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
52 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56814 )
Cartas ( 21161)
Contos (12583)
Cordel (10010)
Crônicas (22151)
Discursos (3132)
Ensaios - (8951)
Erótico (13386)
Frases (43330)
Humor (18382)
Infantil (3752)
Infanto Juvenil (2627)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138019)
Redação (2917)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2394)
Textos Jurídicos (1923)
Textos Religiosos/Sermões (4762)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->FERIDA -- 02/09/2019 - 04:08 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


FERIDA

Busca-se alguma parte que não sei descrever
nisso tento de tudo:
creio que estás ativo, cheio talvez do mundo
já te escutei mirar mas não vejo teu vulto

Esta cidade engana mas todas elas se igualam
e eu não vou às igrejas nem procuro nas festas
Se encontrarei a parte ? Nem sei lá se ela existe
mas a vi, com meu lado esquerdo e desajeitado

Busca-se uma coerência que não doa no peito
quase impossível ,claro
deve ser luminosa como tempo parado
para curar as fendas dos vazios incautos

---------------------------------------------------------------------------------
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 19 vezesFale com o autor