Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
35 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55060 )
Cartas ( 21063)
Contos (12134)
Cordel (9568)
Crônicas (21229)
Discursos (3108)
Ensaios - (9913)
Erótico (13135)
Frases (39988)
Humor (17551)
Infantil (3562)
Infanto Juvenil (2309)
Letras de Música (5414)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135730)
Redação (2875)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2374)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4205)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->AS FLORES AGRADECEM -- 12/01/2017 - 11:47 (valentina fraga) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
MORAVA NUMA CASA SIMPLES, E DE SIMPLICIDADE ERA FEITA MINHA VIDA.
MUITO TRABALHO DE PAI E MÃE, CASA DE AVÔ E AVÓ, NUM BAIRRO DA ZONA NORTE.
ROTINA TÃO SIMPLES QUANTO A VIDA. COLÉGIO PARTICULAR, E BOM, ERA O ÚNICO LUXO. QUANDO CHEGAVA EM CASA, BOTAVA COMIDA NA BARRIGA, E AJUDAVA A MÃE COM AS TAREFAS DE SEU ÁRDUO TRABALHO.
SAÍA PARA RUA, À ENTREGAR AS ENCOMENDAS DO DIA, COM BOLSAS PESADAS, DOS TEMPOS DAS BOLSAS DE PAPEL COM ALÇAS DE PLÁSTICO DURO.
MINHAS MÃOZINHAS FICAVAM MARCADAS. TUDO FAZIA PARTE DO DIA A DIA,
DA MEDÍOCRE LUTA DIÁRIA PELA SOBREVIVÊNCIA, DA MESMA FORMA QUE FAÇO NOS DIAS ATUAIS.
MAS UMA DAS COISAS, QUE MAIS ME LEMBRO DESSES TEMPOS, É QUE NA FRENTE DA CASA SIMPLES, TÍNHAMOS UM IMENSO JARDIM, COM INESQUECÍVEIS ROSEIRAS, DAS QUAIS, EVENTUALMENTE ME APOSSAVA DE ALGUMAS ROSINHAS, E LEVAVA PARA A PROFESSORA.
ME PERDIA ENTRE SAMAMBAIAS COMUNS, À RENDA PORTUGUESA, QUE MINHA MÃE TINHA, COMO A RAINHA DO JARDIM. PRA ELA, EXISTIA UM LOCAL DE DESTAQUE, MAS NENHUMA DAS OUTRAS ERA ESQUECIDA EM UM CANTO QUALQUER. TODAS ERAM REGADAS IGUALMENTE. SORRISOS DE MARIA, AVENCAS, ROSEIRAS, MUITAS ROSEIRAS, DE TODAS AS CORES, LÍRIOS, E TODAS AS QUE PUDESSE ADQUIRIR DE UMA AMIGA OU UMA MUDINHA COMPRADA NO HORTO.
MAS O QUE MAIS ME CHAMAVA ATENÇÃO ERA O CUIDADO E O CARINHO COM QUE MINHA MÃE ÀS TRATAVA. CHEGAVA A SENTAR-SE NO CHÃO PRA FAZER ALGUMA MUDA OU TROCA DE VASO, E SE PUNHA A CONVERSAR COM AS PLANTAS.
NÓS DE CASA, ACHÁVAMOS ENGRAÇADO, E POR VEZES EU FALAVA: - EU HEIN! CONVERSANDO COM PLANTA MÃE? E ELA RESPONDIA: É CLARO! VEJA COMO ELAS RESPONDEM SE BALANÇANDO PRA MIM. ENTÃO EU RETRUCAVA: - QUE ISSO MÃE? ISSO É O VENTO. MINHA FILHA, PRESTA ATENÇÃO! NÃO SÃO SÓ AS PESSOAS QUE DEVEMOS TRATAR BEM. AS PESSOAS, AS PLANTAS, OS ANIMAIS, AS COISAS QUE COMPRAMOS, A COMIDA QUE FAZEMOS, TUDO, TUDO NESSA VIDA TEMOS QUE TRATAR BEM, TEMOS QUE TER CUIDADO, TEMOS QUE TER AMOR. VOCÊ ESTÁ VENDO ESSA PLANTA? SE ELA NÃO FOR TRATADA COM CUIDADO, ELA MURCHA E MORRE. DA MESMA FORMA QUE SE EU NÃO LHE TRATAR COM AMOR, COMO VOCÊ VAI APRENDER A AMAR AS PESSOAS, AMAR SEU MARIDO, SEUS FILHOS? ASSIM É A VIDA. ELA É FEITA DE CUIDADO COM O OUTRO, E ISSO SIGNIFICA AMOR.
E GRAÇAS À MINHA MÃE, HOJE, É FÁCIL DISTINGUIR PESSOAS QUE CUIDAM DAS OUTRAS, QUE DÃO CARINHO E AMOR, QUE DÃO IMPORTÂNCIA AO QUE TEM. DE COMO AS RELAÇÕES SE DESGASTAM, PELA SIMPLES FALTA DE CUIDADO, QUE NADA MAIS É, QUE AMOR.
E FICA NA MINHA MENTE, A IMAGEM DA MINHA MÃE, CUIDANDO DE SEU JARDIM, COMO FAZ ATÉ HOJE, COM IMENSA DIFICULDADE, ENTRETANTO, COM AMOR.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui