Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
104 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56600 )
Cartas ( 21127)
Contos (12498)
Cordel (9854)
Crônicas (21849)
Discursos (3121)
Ensaios - (9994)
Erótico (13199)
Frases (41604)
Humor (17727)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137016)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->O BEIJO NA TELA -- 17/02/2017 - 14:18 (valentina fraga) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
NOS TEMPOS DE ESCOLA DE ARTE, BONS TEMPOS, TEMPOS EM QUE ME DEBRUÇAVA, HORAS E HORAS, MISTURADA ÀS TELAS E PINCÉIS, BUSCÁVAMOS, NA INTENÇÃO DE NOS APERFEIÇOAR, E ESTUDAR TODOS OS TIPOS DE ARTISTAS EXISTENTES, ALÉM DOS RETRATOS QUE FAZÍAMOS, O VERDADEIRO NORTE DO CURSO, INSPIRAÇÃO.
UM DOS ARTISTAS PREFERIDOS DO PROFESSOR ERA KLIMT, PINTOR AUSTRÍACO, PROTAGONISTA DO MOVIMENTO “SECESSÃO DE VIENA”, QUE ROMPIA COM O TRADICIONALISMO DAS ESCOLAS AUSTRÍACAS, E ESPECIALMENTE COM OS INTERESSES COMERCIAIS DO MUNDO ARTÍSTICO.
KLIMT TRADUZIA EM SUA OBRA UMA PAIXÃO IRREPRIMÍVEL PELAS MULHERES E SEU EROTISMO PARTICULAR.
O FATO É QUE DENTRE AS MAIS DE CEM IMAGENS ERÓTICAS, DE MULHERES NUAS, COM SUAS PARTES DESCOBERTAS, ESCOLHI O BEIJO. ACHO QUE É PORQUE GOSTO DE BEIJAR.
NA VERDADE, EM MOMENTO NENHUM DAQUELE TRABALHO EM ESPECIAL, TIVE A INTENÇÃO DE COPIAR A OBRA DE KLIMT, COMO FAZÍAMOS ATÉ COM A MONALISA. MINHA PROPOSTA ERA FURTAR A IDEIA, PARTICIPAR DAQUELE MOMENTO MÁGICO DO PINTOR, E TRADUZIR EM MINHA TELA, NÃO O BEIJO DELE, MAIS O MEU, O BEIJO QUE EU HAVIA EXPERIMENTADO, E GOSTADO, O BEIJO ALIMENTADO EM PENSAMENTOS, E SONHADO DURANTE MEUS INTERMINÁVEIS SONHOS.
AO ANALISAR O TRABALHO, O PROFESSOR, SEM QUERER OFENDER, PERGUNTOU-ME À RESPEITO DA OBRA, ESTRANHANDO A INCRÍVEL FALTA DE SIMILARIDADE COM A OBRA ORIGINAL, UMA VEZ QUE A EXPECTATIVA ERA DE ME TORNAR INICIALMENTE UMA COPISTA.
-DRA., ELE NOS CHAMAVA ASSIM, NÃO ENTENDI O OBJETIVO DO SEU TRABALHO.
E RESPONDI: -PROFESSOR QUERIDO, DESTA VEZ, TIVE A INTENÇÃO DE SER DIFERENTE, AFINAL, TIVE TANTOS BEIJOS MEUS, QUE PODERIA RETRATAR, QUE ME PERDI EM PENSAMENTOS, E AO INVÉS DE RETRATAR O BEIJO DE KLIMT, RETRATEI O MEU.
TODOS NA SALA CAÍRAM NA GARGALHADA, E O PROFESSOR GENTILMENTE RELEVOU MEU ATO INSUBORDINADO.
E COMENTOU: - E...FICOU MUITO INTERESSANTE...
VALEU À PENA, ESTÁ LÁ, MEU BEIJO, E O BEIJO DO MEU AMOR, JUNTOS, EM UM SÓ QUADRO.
QUE MELHOR LUGAR HAVERIA PARA O AMOR, A NÃO SER NA ARTE?
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui