Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
78 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54591 )
Cartas ( 21042)
Contos (12041)
Cordel (9415)
Crônicas (20963)
Discursos (3104)
Ensaios - (9879)
Erótico (13100)
Frases (39620)
Humor (17532)
Infantil (3554)
Infanto Juvenil (2304)
Letras de Música (5408)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135298)
Redação (2862)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1912)
Textos Religiosos/Sermões (4137)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->Lula -- 05/04/2017 - 15:45 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Lula, o grande polvo que do mar saiu pra o sal da terra Santa Cruz ser. Chegando no sertão, vestiu logo o chapéu e o gibão do couro curtido na pele, ganhando mundo a fora e ensinar aos letrados espertos como se usa corretamente a inteligência. Longe dele querer implantar no intestino superior qualquer glândula acessória que promovesse melhor uso por parte daqueles. Usando a comunicação oral aliado ao poder de persuasão convincente, construiu pontes que facilitassem a chegada ao outro lado da margem facilitando o livre acesso dos até então marginalizados. Isso provocou inquietação por parte dos sabidos e fez toda a infraestrutura de uma Nação inteira tremer na base de um central planalto. Levantou-se então, ao estilo trumpirista, um muro que separou a burguesia da popularidade sem vez, inquietando no eterno descanso o nobre poeta Drumond: " E agora, José?"
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui