Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
87 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54471 )
Cartas ( 21033)
Contos (11992)
Cordel (9379)
Crônicas (20892)
Discursos (3100)
Ensaios - (9875)
Erótico (13091)
Frases (39518)
Humor (17516)
Infantil (3551)
Infanto Juvenil (2304)
Letras de Música (5407)
Peça de Teatro (1308)
Poesias (135149)
Redação (2861)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2368)
Textos Jurídicos (1911)
Textos Religiosos/Sermões (4105)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->Mula-sem-cabeça -- 19/04/2017 - 11:57 (Adalberto Antonio de Lima) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

 A menina passa boa parte da vida, esperando ficar moça. Guarda virgindade para o matrimônio, mas o homem é garanhão como um cavalo roncando atrás de uma égua no cio. Vil machismo: o que é pecado para a mulher, não o é para o homem. O dicionário também machista: registra só palavras masculinas, o gênero, se faz à parte. Há também outros livros que protegem o homem. Fala de mãe solteira, e não menciona o pai. Apedreja a mulher adúltera.  É o padrão social. Maldita regra  que a sociedade dita. Ninguém reclama, ninguém  grita. Mas no meio do caminho está um ancião de vestes brancas. Ele não atira pedras, só replica: “Mãe não é estado civil.” Porém, a multidão de pecadores  se irrita.

— Lá vem a mula-sem-cabeça.

— Que é isso?

— Mulher de padre. Dizem que vira mula-sem-cabeça.

— Mula-sem-cabeça não é a  besta fera?

— Parem com isso. Tenho medo — disse uma aluna, entrando para a sala.

O bedel toca a sineta.É hora de ir para casa.

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 0Exibido 25 vezesFale com o autor