Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
73 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54748 )
Cartas ( 21052)
Contos (12073)
Cordel (9448)
Crônicas (21020)
Discursos (3104)
Ensaios - (9891)
Erótico (13112)
Frases (39744)
Humor (17539)
Infantil (3557)
Infanto Juvenil (2306)
Letras de Música (5410)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135420)
Redação (2863)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4160)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->O FANTÁSTICO MUNDO DOS SONHOS -- 28/05/2017 - 10:59 (Adalberto Antonio de Lima) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Cenas de memórias passadas retomam a mente.

Robert vê pássaros nicando frutos no quintal da casa número 77 da rua Ibituruna: boas lembranças do tempo de infância: A velha mangueira sobreviveu ao tempo e à solidão. Nova geração de maracanãs faz algazarra. E  duas meninas recolhem mangas maduras num cesto.
 Sonho ou fantasia? 
 A velha mangueira sobreviveu ao tempo e à solidão. Nova geração de maracanãs faz algazarra. E  duas meninas recolhem mangas maduras num cesto.  Ravenala aparece no imaginário de Robert, agora, crescidos, vivendo cenas da vida real no mundo da ficção.Sonho ou fantasia?  Afinal, o que é realidade? O que é fantasia? Na dimensão espiritual tudo é mistério.

— É possível invadir sonhos de outra pessoa? 
— Talvez, futuramente, sim. Mas, enquanto a teoria não estabelecer seu domínio na praticidade, o controle voluntário sobre os neurônios temporal humano não passa de conjectura.
 Ravenala nunca fora a Campo Grande. Sua mãe mudara-se de Minas ainda nos cueiros, mas... memórias passadas, trazem-lhe à  lembrança grandes enchentes do rio  do Saracura. Essas imagens, mais tarde  transferidas por Corina para o córrego Maracanã, invadiram o inconsciente da neta, e por iniciativa involuntária, navegam em seus sonhos,  como se repassadas  por meio do  código genético. 
— Vi este lugar antes, disse ela ao pai, na primeira  vez  que estivera na Quinta da Boa Vista.
— Minha filha! Nunca vieste aqui! Talvez eu mesmo ou tua mãe, tenhamos te passado estas lembranças. Também ainda não foste a Campo Grande, mas, um dia irás conhecer a primeira morada de teus ancestrais e verás que muita coisa vai parecer-te familiar.
***
Adalberto Lima, trecho de Estrela que o vento soprou.
Imagem: Internet
 
Enviado por Adalberto Lima em 28/05/2017
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 0Exibido 20 vezesFale com o autor