Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
57 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56388 )
Cartas ( 21118)
Contos (12482)
Cordel (9833)
Crônicas (21786)
Discursos (3122)
Ensaios - (9975)
Erótico (13197)
Frases (41435)
Humor (17685)
Infantil (3603)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5445)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (136898)
Redação (2885)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4473)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->Lenda da Porca Encantada do Festival do Porco -- 01/07/2018 - 13:41 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Lenda da Porca Encantada do Festival do Porco
No século dezenove, numa cidade do interior do Brasil, existia uma jovem muito bonita chamada Alísia, que era namoradeira, curtia beber e dançar nos bailes. Ela engravidou sete vezes, mas para que seus pais não descobrissem, esta moça abortou todas as suas gestações. Algumas vezes usou chás e outras vezes utilizou agulha de crochê.
Apesar de seus namoros passageiros, geralmente de uma noite só, havia um homem que amava Alísia verdadeiramente: era Felipe, o dono da selaria. Ele pediu Alísia em casamento várias vezes. Mas esta moça sempre dizia:
- Não quero me casar. Pois matrimônio tira toda a liberdade da mulher.
Numa noite de inverno, ela descobriu que estava com infecção no útero, sentiu dores fortes e faleceu. Então São Pedro não aceitou sua alma no céu. Porém quando a jovem chegou ao inferno, o Diabo falou:
- Não tenho como aceitar a sua pessoa, aqui, porque você fez sete abortos. Por isto, como punição transformarei você numa porca e mandarei de volta para a Terra. Lá a sua criatura viverá no meio do mato e só aparecerá no Festival do Porco, onde a magia do amor poderá transformar você em humana novamente. Porém somente por um dia. Afinal seu destino é ser um fantasma em forma de suína. Inclusive, há uma parte da Bíblia onde os espíritos imundos entram nos corpos dos porcos.
Deste jeito, Alísia voltou ao mundo em forma de porca perto de sua cidade.
Assim chegou o Festival do Porco que até hoje é uma festa com comida, dança e corrida de pessoas em cima dos suínos. No meio da corrida Alísia apareceu em forma de porca na pista, fato que provocou confusão. Felipe observou a cena e sentiu algo mágico ao ver a suína. Por isto montou num cavalo, com uma sela nas mãos e correu no meio do mato. Assim ele laçou a porca. Mas quando colocou a sela nela, a suína se transformou em Alísia que disse:
- Por favor, me deixe em paz!
- Me transformei em porca porque fiz sete abortos.
- Só posso virar mulher no Dia do Festival do Porco.
Desta maneira, Felipe beijou a moça que voltou a ser porca. Com pena, o rapaz, retirou a sela da jovem que partiu para a floresta.
Reza a lenda que em todo o Festival do Porco, esta suína invade a pista de corrida dos porcos. Porém depois Felipe coloca a sela mágica nela para terem momentos de amor e depois a jovem volta a ser suína.
Luciana do Rocio Mallon




Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui