Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
109 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56713 )
Cartas ( 21128)
Contos (12517)
Cordel (9864)
Crônicas (21893)
Discursos (3121)
Ensaios - (10000)
Erótico (13200)
Frases (41707)
Humor (17749)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137074)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4520)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->Lendas do Pingente Relicário -- 27/11/2018 - 17:11 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Lendas do Pingente Relicário
O pingente relicário é um objeto erudito da moda. Dizem que ele existe desde a antiguidade e realiza magias amorosas.
Na novela das seis, Espelho da Vida, a personagem Cris volta ao passado como Júlia Castelo que possui um pingente relicário com a foto do seu amor proibido dentro. No folhetim esta joia funciona como imã que atrai Cris para seu namorado do passado.
Dizem que se o pingente relicário tem o formato de coração, com a pintura ou foto do seu rosto escondido dentro, ele serve para conquistar a pessoa amada. Mas se ele possui o formato de um camafeu, com a foto de seu amado dentro, o pingente tem o poder de deixar este amor eterno.
Reza a lenda que, no século VI antes de Cristo, Amyitis de Medes foi obrigada a se casar com Nabucodonosor da Babilônia. Mas não se sentia amada por ele. Além disto, ela sentia falta dos jardins da sua antiga casa.
Assim esta moça procurou uma feiticeira e contou sobre sua situação. A bruxa mandou Amyitis obter um pingente em forma de coração e por dentro colocar uma pintura de sua face. Depois ela deveria botar o pingente numa corrente e dar de presente ao esposo. Pois sua imagem ficaria para sempre perto do coração do marido.
Amyitis obedeceu à sensitiva e depois de alguns dias seu esposo tornou-se amoroso. Deste jeito, ela confessou ao marido que sentia falta dos jardins de sua terra porque a Babilônia parecia um deserto. Assim Nabucodonosor mandou fazer jardins artificiais na Babilônia.
Após este acontecimento surgiu a lenda que quando alguém dá um pingente relicário, com sua imagem por dentro, pendurado em uma corrente ao pretendente, ele se apaixona de verdade e o casal pode viver uma paixão eterna.
Também dizem que quando uma mãe presenteia um filho com um pingente relicário, os dois podem se perder, que a joia se transforma num radar com o poder de unir mãe e filho novamente.
Luciana do Rocio Mallon


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui