Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
128 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56837 )
Cartas ( 21161)
Contos (12584)
Cordel (10016)
Crônicas (22154)
Discursos (3133)
Ensaios - (8956)
Erótico (13388)
Frases (43358)
Humor (18384)
Infantil (3751)
Infanto Juvenil (2630)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138036)
Redação (2918)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2394)
Textos Jurídicos (1923)
Textos Religiosos/Sermões (4772)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->ALMAS-PÁSSAROS -- 08/07/2001 - 15:54 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos




ALMAS-PÁSSAROS

Jan Muá





Renasces quando escreves

Quando sentes e quando pensas

Quando desenhas no espaço de tuas asas

Teus sonhos livres



Renasces quando explodes

Na fonte de teu amor nascente

A ilusão escondida

Que caminha rio abaixo

Nas caudalosas águas

Que correm alegres para o mar



Renasces quando tua paixão

Se confunde com a lava aquecida

Do amor-desejo estalado

Nas tempestades turbinadas pelo Sol



Renasces quando te encobres com minha alma

E vens ciosa e lúbrica me tocar

Nas ondas que namoram

As areias quentes da praia tropical



Renasces quando te doas relaxada

No alento da divina sedução

Na noite virgem das estrelas radiantes

Que bancam nosso íntimo festim.



Jan Muá

8 de julho de 2001

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 760 vezesFale com o autor