Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
103 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56117 )
Cartas ( 21113)
Contos (12444)
Cordel (9801)
Crônicas (21706)
Discursos (3120)
Ensaios - (9953)
Erótico (13192)
Frases (41213)
Humor (17642)
Infantil (3599)
Infanto Juvenil (2327)
Letras de Música (5440)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (136696)
Redação (2885)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2379)
Textos Jurídicos (1914)
Textos Religiosos/Sermões (4462)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Erótico-->TU ME CHAMASTE -- 15/07/2006 - 21:14 (Maria Hilda de J. Alão) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
TU ME CHAMASTE

Maria Hilda de J. Alão.




Ajoelhei-me na areia nua
De braços abertos para lua,
A trança cobrindo o bico do seio
E tu me chamaste de sereia.


Acariciaste meus cabelos
Retirando a trança do seio,
E com olhos de entendido em arte
Tu me chamaste de Vênus.


Cobriste minha nudez com folhas
De carícias ardorosas
E ao exalar meu perfume
Tu me chamaste de rosa.


Tua boca tinha fome
De outra boca, a minha,
E no encontro das línguas
Tu me chamaste de amada.


O beijo veio quente, úmido
Como a terra em cio primaveril
Que deixa no ar um gostoso calor,
Então eu te chamei de meu amor.

15/07/06.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 27Exibido 1682 vezesFale com o autor