Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
81 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56720 )
Cartas ( 21159)
Contos (12582)
Cordel (10005)
Crônicas (22134)
Discursos (3130)
Ensaios - (8935)
Erótico (13377)
Frases (43186)
Humor (18330)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2595)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137945)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1054)
Teses / Monologos (2386)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4719)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->AGORA PODE SER A SÍRIA -- 14/04/2003 - 14:03 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
AGORA PODE SER A SÍRIA


A questão iraquiana já foi resolvida. Agora sabemos que o Iraque não representava perigo algum aos Estados Unidos e até mesmo aos seus vizinhos. Mas infelizmente a verdade só vem a tona quando já e tarde. E na verdade nem vale mais a pena ficar discutindo os motivos da invasão americana. Ela já foi feita e concluída. Resta-nos, porém, aguardar suas conseqüências. O problema agora é outro que começa a germinar: as trocas de farpas entre os EUA e a Síria.

Desde a invasão do Iraque, os EUA vêm acusando a Síria de ajudar o regime de Bagdá. Agora que o regime caiu, o governo americano começou a endurecer suas acusações. Passou a acusar o governo sírio de possuir armas de destruição em massa.

Ora, já vimos esse filme uma vez e sabemos como terminou. Primeiro os EUA acusam o país de possuir armas de destruição em massa, depois forçam a aprovação de um embargo na ONU, em seguida condicionam o fim do embargo à destruição dessas armas, depois forçam uma nova resolução em que o país deve destruir as supostas armas ou enfrentar um ataque, e finalmente atacam com a justificativa de que não destruíram tais armas, mesmo que o país afirma tê-las destruído.

É claro que a Síria não é o Iraque. Seu poderio bélico e imensamente superior ao iraquiano. E talvez por isso os EUA relutem em atacar este país, mas do jeito que estão ávidos para acabar com todos aqueles que possam representar uma ameaça, não vão parar facilmente. É grande a possibilidade de assistirmos mais uma guerra entre os EUA e a Síria nos próximos anos.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui