Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
50 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56299 )
Cartas ( 21150)
Contos (12562)
Cordel (9930)
Crônicas (22048)
Discursos (3130)
Ensaios - (9088)
Erótico (13314)
Frases (42731)
Humor (18163)
Infantil (3686)
Infanto Juvenil (2480)
Letras de Música (5460)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137613)
Redação (2901)
Roteiro de Filme ou Novela (1050)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4588)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->Esse tal de cordel -- 21/05/2002 - 02:17 ( Andre Luis Aquino) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Sempre tive medo desse tal de cordel
Parecia para mim um desses esportes radicais
Tirolesa, snow-boarding ou rapel
Mas bem que escrevendo não é mais

Esse tal de cordel é algo gostoso
Você vai falando de qualquer coisa interessante
Com veemência e eloqüência sem ser grosso
Vale qualquer tema ou pensamento que vier a mente

Cordelista é um pouco de poeta e escritor
Mistura de contador de histórias com rimador
Pode ser verdade ou mentira o motivo de sua dor
Mas com certeza pinta com tons vivos qualquer que seja a cor

Para se fazer um cordel
É como colher pólen de flor em flor
Beber um pouco de cada para se fazer o mel
Para no ar como um beija-flor

Estou feliz pelo meu primeiro cordel
Não ficou assim tão doce, mas também não é fel
Não serei mais o mesmo quando olhar para o céu
E assim se acabam meus versos e cai o meu véu.



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui