Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
101 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57026 )
Cartas ( 21138)
Contos (12544)
Cordel (9893)
Crônicas (21963)
Discursos (3125)
Ensaios - (10055)
Erótico (13234)
Frases (42185)
Humor (17914)
Infantil (3635)
Infanto Juvenil (2386)
Letras de Música (5453)
Peça de Teatro (1313)
Poesias (137366)
Redação (2894)
Roteiro de Filme ou Novela (1050)
Teses / Monologos (2382)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4542)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Humor-->DIZER SEMPRE A VERDADE -- 15/05/2006 - 19:48 (Maria Hilda de J. Alão) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
DIZER SEMPRE A VERDADE




A mãe chegando esbaforida das compras pergunta ao filho que está na sala brincando com os seus carrinhos:
- Filho, onde está teu pai?
- No quarto da Maria experimentando o feijão dela.
A mulher partiu para o quarto da empregada e flagrou o marido com a boca na panela de feijão da Maria. Foi aquela confusão. Despedida a empregada e a mulher pedindo o divórcio, o pai chamou o filho e começou a repreendê-lo:
- Escuta aqui seu moleque, como é que você entrega seu pai assim, de bandeja. Você merecia umas boas palmadas.
- Mas papai, foi o senhor mesmo que me disse que eu devo dizer sempre a verdade, mesmo que a casa caia!


Maria Hilda de J. Alão

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 27Exibido 2124 vezesFale com o autor