Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
42 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56739 )
Cartas ( 21160)
Contos (12583)
Cordel (10005)
Crônicas (22136)
Discursos (3131)
Ensaios - (8937)
Erótico (13379)
Frases (43216)
Humor (18340)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2600)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137961)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2387)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4729)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->OSTIÁRIA -- 04/09/2001 - 01:12 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos








OSTIÁRIA



Jan Muá

4 de setembro de 2001





Em sedas suntuosas e perfumadas de Pequim

Te encontro absorvida na leitura dos astros

Em labirintos de horóscopo milenar

E te vejo iluminada de mágicos olhos

Catimbando a ostiária sacra

A fim de guardares o segredo das cerradas portas do templo...



Quando embaladamente a lua der sinal

E os mochos soltarem o pio agoirento

Da dionisíaca festa no ritual da noite

Sob as divinas bênçãos de Vênus e de Baco.

Virás abrir o templo e servir as alfaias do culto

Para religiosamente cumprires os fados que te esperam.





Jan Muá

4 de setembro de 2001

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 725 vezesFale com o autor