Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
34 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56831 )
Cartas ( 21161)
Contos (12584)
Cordel (10014)
Crônicas (22151)
Discursos (3133)
Ensaios - (8956)
Erótico (13388)
Frases (43355)
Humor (18383)
Infantil (3751)
Infanto Juvenil (2630)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138027)
Redação (2918)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2394)
Textos Jurídicos (1923)
Textos Religiosos/Sermões (4770)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Humor-->COISAS DE AMANTES -- 13/10/2006 - 13:51 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
COISAS DE AMANTES

Como tantos caminhoneiros que rodam por este país, Adagildo passa a maior parte dos dias longe de casa e da família. E certa feita, ficou quase dois meses sem reencontrar a esposa. Mas finalmente chegou ao lar para curtir o conforto de casa e o seio de sua esposa.
E naquela afobação, depois de uma ligeira troca de carícias, os dois estão no quarto no auge do rala e rola, quando ouvem batidas na porta.
A mulher instintivamente, num ato de puro reflexo, comenta:
-- É o meu marido!
E o marido, sem pensar duas vezes, recolhe a roupa do chão e salta pela janela entreaberta.

CONFIRA OS MEUS TEXTOS MAIS LIDOS

LEIA TAMBÉM:
O COMPRADOR DE TERRAS
O VICIADO EM COMPUTADOR
O MARIDO TRAÍDO
LOUCOS NA PISCINA
O VELHINHO EXCITADO
O CAIPIRA E O PORTUGA
QUANDO BILL GATES MORREU
NO LEITO DE MORTE
A LOIRA GOSTOSA
O BÊBADO E O GARÇOM
PASSEIO NO CAMPO
NO SALÃO DE BELEZA
O PAI E O FILHO
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui