Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
128 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56729 )
Cartas ( 21128)
Contos (12522)
Cordel (9865)
Crônicas (21899)
Discursos (3121)
Ensaios - (10001)
Erótico (13200)
Frases (41756)
Humor (17750)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5449)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137080)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4528)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Discursos-->Estrela e bruxa -- 03/01/2004 - 14:09 (maria da graça almeida) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Estrela e bruxa
maria da graça almeida

És estrela. E és bruxa!
Vestes luzes ou capucha.
Com feitiço ou emoção,
já transmutas tua ação.

Quando claro mais me espantas;
no escuro tu és tantas!
De manhã tão alto voas;
quando noite ris à toa.
Pelas pontas, cedo brilhas;
tarde, tonta, a lua encilhas...

Nasces linda, morres murcha.
Por mandinga, cais, ó bruxa.
Nesse dia de sangria,
o céu tinge as cercanias.



































Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui