Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
134 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56608 )
Cartas ( 21127)
Contos (12502)
Cordel (9854)
Crônicas (21849)
Discursos (3121)
Ensaios - (9995)
Erótico (13199)
Frases (41605)
Humor (17731)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137016)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4496)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Governo das manchas! -- 30/11/2014 - 10:31 (paulino vergetti neto) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Depois do Mensalão e o Lava jato, dois grandes escândalos desse governo que ainda não mostrou toda sua crueza para com o povo brasileiro que tem a cabeça sobre o pescoço e não acolhe a esmola do bolsa família como arma nem como voto nem de enganação. Deterioração quase total da política brasileira. Que fundo de poço mais profundo é esse, minha gente? Que famigerada ganância desse PT que avançou contra a maré com toda a força de um tubarão faminto à procura de um cardume? O que sabemos que onde os cardumes vivem também há petróleo, muito petróleo mesmo. Será que foi assim que eles descobriram que poderiam enriquecer ilicitamente e de forma rápida?
A Justiça americana já pediu a PETROBRAS que lhe entregue provas da lisura de todas as operações que a empresa fez em solo americano. Como ela está na Bolsa de Nova York, responde às leis americanas, como qualquer outra empresa daquele país. Rolarão muito mais cabeças ainda. Está apenas começando o carnaval da ladroagem. Ainda saberemos quais figuras importantes participaram de tudo isso, independentemente de em que partidos políticos estejam. O povo tem compromisso com a verdade.
Ainda não digeri o absurdo que foi, para todos os brasileiros são, a recondução em seu segundo mandato da Presidente Dilma. Algo ficou me incomodando o entendimento. Há horas em que penso que não houve lisura nesse pleito, em outros instantes ponho a culpa maior nos votos do Bolsa-Família e assim vou tentando cruzar a ponte da desventura. Mas, tempos novos virão e não custarão muito a chegar. Canoa furada tem medo do mar. Se não fosse o maestro Lula e sua batuta a pedir votos, uma semana antes das eleições, já dada como quase certa a derrota da Presidente Dilma, não estaríamos hoje tolerando um segundo mandato. Ele demonstrou força entre os miseráveis e os pobres do meu Nordeste querido. Foi tão inteligente que viu que, em São Paulo, nenhum coelho pularia de sua cartola. Veio mesmo para cá e choramingou alguns milhões de votos para sua companheira Dilma. Má vinda, má sorte, má hora!
O Collor caiu por tão pouco. O que é que falta para a Presidente Dilma ter o mesmo caminho que teve o outro Presidente? Os escândalos são de muito maior vulto e clareza. Pelo amor de Deus, dona Justiça, a hora exige uma ação mais diferenciada. A sociedade está vendo seu dinheiro suado ir ralo abaixo! A Operação Lava Jato é suficiente para Pôr na cadeia quase esses governantes todos. Talvez se salve um ou outro. Eu não acredito que isso aconteça, que possa haver alguém inocente. A certeza que tenho é de que fui roubado, isso, sim, sei muito bem.
E se tudo isso terminar em pizza, a sociedade queimará esses políticos e essa justiça com as vivas brasas do forno onde essa mesma pizza for assada. Dessa vez não pode haver enrolação como houve no Mensalão. O povo fará um governo paralelo, cheio de exigências, para que quando pensarem em roubar nosso dinheiro, lembrem-se que perderão mesmo a liberdade e o fruto do roubo voltará aos cofres do erário.
Não me apetece mais assistir pela TV Senado ou pela TV Câmara, os debates dos senhores parlamentares. Olho para algumas figuras que até a pouco eram acusadas de roubos e tramoias e agora são autoridades e o que é pior, eleita pela sociedade. A imundície legalizada e o crime instituído como algo repetidamente venial. Pode não. Haverá uma arma nova a ser usada e que, após detonada, destrua toda essa imoralidade político-administrativa que tem manchado a história recente do Brasil. Fico me perguntando quem foi o ex MDB, depois PMDB, o que permite ao Senador Pedro Simon permanecer em um partido que dá base de sustentação a um governo tão desastrado quanto esse do PT? Não consigo entender. Talvez em outra encarnação eu possa entender e aquietar-me.
Hoje, com o peito doído e o coração esfacelado, sinto-me apenas um brasileiro roubado e de mãos quase atadas, mas um brasileiro que ainda não perdeu toda a esperança em ver seu país distante da condução de mãos tão tacanhas quanto o são as mãos desse governo que permanece aí, contra a vontade do Brasil que pensa melhor, que produz mais e que cobrará de forma diferente de agora em diante. Viverei para assistir a um Brasil livre e próspero.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 19Exibido 100 vezesFale com o autor