Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
88 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55065 )
Cartas ( 21063)
Contos (12134)
Cordel (9570)
Crônicas (21231)
Discursos (3108)
Ensaios - (9913)
Erótico (13137)
Frases (39994)
Humor (17551)
Infantil (3565)
Infanto Juvenil (2309)
Letras de Música (5414)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135739)
Redação (2875)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2374)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4207)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->DIA DAS MÃES- UMA MÃE ORGULHOSA! -- 03/05/2008 - 00:42 (ANGELA FARIA DE PAULA LIMA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos



Com imenso orgulho, apresento-lhes texto de minha filha mais velha, Roselise, mãe do Caio, meu neto.

CARTA À FUTURA MAMÃE

E descobriu-se a sementinha! Susto! O que fazer? Revisão de uma vida, mudança de papéis. A quem devo contar?

Passado o susto inicial, voltamos nossa atenção de uma forma muito especial para nosso corpo. Como ficaremos frente ao espelho?
Apesar de ser vivida em família, gravidez é algo muito particular – só quem está sabe como é!-. E esse corpo, à medida que muda, faz-nos sentir especiais. É um estado de graça. Toda grávida, mesmo em secreto, sabe que está feliz.

Assumir, ou melhor, entender isso, entretanto é um processo longo, de nove meses, que oscila da profunda alegria à dúvida do que realmente queremos. Lembro-me de estar, em alguns momentos, profundamente em paz. Em outros, chorava sem saber por quê.

De repente o primeiro sinal! Um movimento discreto dentro da gente. Euforia! E depois disso, nossa vida é esperar pelos próximos “chutes”. E nosso corpo, repentinamente, ganha “vida”. Tudo muda. Giros, cambalhotas, conversas, cantigas... Como será?

E a barriga aumenta junto à curiosidade. E ao segredo da novidade que está por vir. Já sabemos, nesse momento, que perdemos o controle da situação. A vida acontece independente da nossa vontade. E qual será?

A realidade divide espaço com o então ainda irreal e tudo se mistura em bonita sinfonia.

Então a contração começa. Chegou a hora! O bebê realmente vem! E esse dia passa rápido. E ao mesmo tempo muito intenso. Você vive tudo meio que sem acreditar. Medo, desejo, tudo junto.

E nasce. Vem de dentro de nós. Curioso, ansioso, desejoso, tudo junto.

E no momento em que a enfermeira encosta esse rostinho no seu, você sabe que terá, para sempre, a tatuagem indelével da vida em você!
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui