Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
23 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56828 )
Cartas ( 21161)
Contos (12584)
Cordel (10014)
Crônicas (22151)
Discursos (3133)
Ensaios - (8956)
Erótico (13388)
Frases (43354)
Humor (18383)
Infantil (3751)
Infanto Juvenil (2630)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138027)
Redação (2918)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2394)
Textos Jurídicos (1923)
Textos Religiosos/Sermões (4770)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Erótico-->UM POÇO DE INDÊNCIA -- 15/11/2011 - 14:50 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Meus pensamentos, um poço de indecência,
Produzem imagens sem cabimento
Onde o jogo da sedução é uma ciência
Sem moralidade, credo ou arrependimento

Dou asas às fantasias que me inundam
O cérebro feito águas de uma represa rompida
E os desejos inconsequentes abundam
Levando-me a experimentar o néctar da vida

Meus atos, frutos dessa abundância,
Provocam na fêmea um certo estranhamento
Mas com um quê de jeito e paciência
Levo-a a jogá-lo sem constrangimento.

E assim, as fantasias que me atormentam
Tenho-as, como numa noite bem dormida,
Abrandadas; embora novamente afloram
Ao me deparar com um sorriso tímido.


ENCONTRE-ME TAMBÉM:
NO ORKUT
NO FACEBOOK
TWITTER
NO MEU BLOG
NO GOOGLE+




LEIA TAMBÉM
O METIDO A GARANHÃO - Parte 2 (final)
IMAGENS OBSCENAS
DEVANEIOS DESORDENADOS
A SENSUALIDADE DE MEUS PENSAMENTOS
NA ERÓTICA DANÇA DA FECUNDIDADE
SOB UMA ESCALDANTE NOITE DE VERÃO
NA VULGARIDADE DE TEU OLHAR
QUANDO AS APARÊNCIAS ENGANAM - Parte 2/2
QUANDO AS APARÊNCIAS ENGANAM - Parte 1/2
NO CALOR DO TESÃO
PENSAMENTOS INCONFESSÁVEIS
FOGO QUE APAGA RÁPIDO
UM TOQUE SUTIL NO ÂNUS
O PERVERTIDO
SOB O CHUVEIRO
NAS ENTRANHAS DE TEU SER
PRAZER INCONSEQUENTE
MINHAS FANTASIAS COM VOCÊ
JOGOS DE SEDUÇÃO
ONDE SE FLUI A SAFADEZA
DEVANEIOS
O SACRIFÍCIO
DEVANEIOS DESCABIDOS

Ajude o autor, avaliando seus textos. Cliquei abaixo e dê sua nota! Não vai te custar nada.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui