Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
42 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56745 )
Cartas ( 21160)
Contos (12583)
Cordel (10007)
Crônicas (22137)
Discursos (3131)
Ensaios - (8939)
Erótico (13379)
Frases (43224)
Humor (18342)
Infantil (3740)
Infanto Juvenil (2603)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137961)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2388)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4731)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->SOBRE "UMA LUZ NA ESCURIDÃO" -- 07/11/2008 - 14:47 (Adalberto Antonio de Lima) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
"UMA LUZ NA ESCURIDÃO" Obra de Adalberto Lima.

Suas reflexões acham-se alinhavadas ao pensamento de grandes ícones da fé católica, como Santo Ambrósio, Santo Agostinho, São João Damasceno e outros não menos expressivos. Critica a declarada agressão de “O Código Da Vinci” ao cristianismo e adverte Dan Brown quanto ao risco de entrar em luta contra o próprio Deus.

“... Muitos se escandalizaram quando eu disse: Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente e o pão, que hei de dar, é a minha carne para a salvação do mundo ‘Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia (Jo 6,54). “Alguns chamaram a isso de ‘comer Deus’ e já não andam mais comigo” (Jo 6,66). Ora, não é o pão da terra que alimenta o corpo material? Logo, o pão do céu alimentará o corpo espiritual! E o Pastor chorou”(Jo 11,35.


Em vários momentos, apresenta-se dialogando com Deus, e isso não parece ser apenas um recurso lingüístico. Não que O tenha visto; contudo, em moção espiritual, sente-se em Sua presença.
“Que fez Brown à minha filha Maria Madalena?! Em verdade, nada! Nada poderá atingi-la, porque ela não pertence ao mundo dos mortos, mas dos vivos [...] Ai daquele que, zombando da verdade divina, semeia a mentira! Cada um colhe o que plantou, mas de Deus não se zomba! [...] Cuide o homem de não lançar dardos inflamados contra os céus, a fim de que não venham a cair sobre sua cabeça.”
“UMA LUZ NA ESCURIDÃO” quer reacender a mecha do amor de Deus que ainda fumega em muitos corações. Recomendo-o a cristãos católicos e a não-católicos, especialmente àqueles que ainda não tiveram um encontro pessoal com Jesus. E também aos que já usufruíram momentos de Sua intimidade, mas arrefeceram na fé e abandonaram o primeiro amor. A obra foi escrita para você que tem sede de Deus.

Neomísia A Sousa

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 781 vezesFale com o autor