Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
79 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54786 )
Cartas ( 21052)
Contos (12083)
Cordel (9480)
Crônicas (21040)
Discursos (3104)
Ensaios - (9893)
Erótico (13117)
Frases (39763)
Humor (17540)
Infantil (3558)
Infanto Juvenil (2307)
Letras de Música (5410)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135496)
Redação (2869)
Roteiro de Filme ou Novela (1034)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4164)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->DEUS E O DIABO NA MESMA LINHA. -- 05/10/2016 - 16:41 (Ana Zélia da Silva) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
DEUS E O DIABO NA MESMA LINHA.

Ana Zélia

Com Licença meu Povo, meus Orixás, estou atabalhoada

com o retrato do Brasil.

DEUS esqueceu de nós, as safadezas O envergonham.

Busquei ajuda nos livros e encontrei EXU.

“Sem EXU não se faz nada.” Quem é?

A resposta veio assim:

EXU: dono das encruzilhadas. Merece ser divulgada.

Exu vagava pelo mundo, sem destino, sem se fixar em lugar algum
ou exercer qualquer profissão. Simplesmente ia de um canto a outro.

Um dia começou BA ir à casa de Oxalá, (DEUS) onde passava o tempo
a observar o velho Orixá a fabricar os seres humanos.

Outros visitavam Oxalá, ficavam alguns dias,, mas nada aprendiam,
apenas admiravam a obra de Oxalá, entregando-lhe oferendas.
Por sua vez, Exu ficou 16 anos na casa de Oxalá, ajudando e aprendendo
como se fabricavam os humanos, observando, atento, sem nada perguntar.

Como o número de humanos para fazer só aumentava.
Oxalá pediu a Exu para ficar na encruzilhada por onde passavam os visitantes,
não permitindo que passassem os que nada trouxessem ao velho Orixá.
Exu, então, recolhia as oferendas e entregava a Oxalá,
que resolveu recompensá-lo, de modo que todo visitante deveria
também deixar algo para Exu.

Exu se fixou de vez como guardião de Oxalá, fez sua casa
na encruzilhada e prosperou.
(Curso Essencial de Umbanda- Ademir Barbosa júnior) Pag. 31
(Ed. Universo dos Livros- São Paulo (2011).

Há mais de uma década o Brasil vem sendo saqueado por quadrilhas e
quadrilhas que unidas colocaram em pontos estratégicos” potes de ouro”
e de lá retiraram tanto que o rombo vazou...

Esqueceram-se de Exu que não deixa passar nada. O bafafá
foi tão grande que cabeças rolavam, dos pequenos ao mais alto posto.

Devagar cabeças são expostas na mídia, falta a guilhotina
para que o povo veja todas elas rolarem.

Ah! Brasil! Se enganou quem pensou tratar o povo como idiotas, coitadinhos.

O povo é o olheiro de Deus, como Exu é a Oxalá. Enquanto lhes
deram presentes valiosos, uma nuvem encobria o céu, mas a ambição
de querer mais e mais e mais os delatou.

Ainda veremos muitas cabeças rolando, inclusive a dos chefes
que continuam desafiando a inteligência do povo Brasileiro.

Nas eleições para Prefeitos e Vereadores das capitais, realizadas domingo,
uma amostragem foi dada.

No segundo turno, em algumas capitais, percebe-se o medo estampado
em muitos líderes. Hoje, os líderes é o povo.

Político algum os representa é a resposta que dão aos entrevistadores.

O Brasil está tão pra baixo que surgiu um novo ditador: OS BANCOS,
um mês fechados por ordem de Sindicatos com poderes exorbitantes de
impedir a entrada daqueles que os pagam, daqueles que em verdade
são os donos do dinheiro que circula no país.

VIRAMOS PEDINTES DO DEUS PAI: SINDICATOS DOS BANCÁRIOS.

A audácia é tanta que sindicalistas se postam frente às portas
giratórias, e ninguém faz nada.

Vejo uma luz no fim do túnel. Matéria de jornal.

OAB-AM vai à Justiça para cobrar a abertura de 30% das agências.

O Presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB-AM,
informou que os serviços bancários fazem parte das atividades
essenciais previstas na Lei.

Que Oxalá permita, já não é sem tempo.

Vinho tinto, pimenta malagueta com dendê, cachaça, um charuto
e um pedido a EXU que Ele destrua a força daqueles que por instantes
se sentem e posam como se fosse maior que DEUS.

Manaus, 05 de outubro de 2016.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Nota da autora- Pedindo permissão a Oxalá, a Exu e todos os Orixás,
para delatar à Nação o que não podemos mais calar,
O Brasil somos todos nós e unidos podemos fazê-lo voltar a caminhar.
Que nos respeitem pela Nação que somos. Ana Zélia









Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 25Exibido 165 vezesFale com o autor