Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
87 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55351 )
Cartas ( 21072)
Contos (12178)
Cordel (9607)
Crônicas (21341)
Discursos (3113)
Ensaios - (9921)
Erótico (13148)
Frases (40259)
Humor (17570)
Infantil (3576)
Infanto Juvenil (2311)
Letras de Música (5420)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135960)
Redação (2881)
Roteiro de Filme ou Novela (1036)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1909)
Textos Religiosos/Sermões (4240)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->1971 - Currículo -- 05/03/2017 - 11:34 (Jairo de A. Costa Jr.) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
1.971 – Currículo
“Eu ia escrever sobre um texto de palavras e expressões para riscar agora do seu currículo, mas acabei dando uma derivada no tema.”. Desculpa de minha penúltima crônica, quando deixei de lado o andamento original dela, que espero recuperar agora e o motivo é que tenho lido muito sobre a carência de empregos e, mesmo assim, as pessoas continuam lutando por eles. Trata-se, claro, da sobrevivência natural e uma das ferramentas para essa luta é a elaboração de um bom currículo; como eu já disse, é melhor transparecer nele aquilo que você poderá fazer e não o que você já fez.
Primeiro passo que além de ser verdadeiro, ele precisa parecer verdadeiro, pois quem determina isso é o contratante, aquele que não possui bola de cristal para saber quem é o melhor e acaba determinando isso por uma simples passada de olhos nos currículos que recebe e o seu simples e conciso, tem que se sobressair, para depois você se entender com ele numa entrevista, num teste, ou em tudo o que virá depois para ser contratado.
Lógico que isso não vale para quem tem “quêí” ou padrinho poderoso, abridor das melhores portas; estou falando da luta concorrida e cruel pelo bom emprego, aquela luta que parece não ter fim, até o momento que alguém te liga e fala – Quando pode começar? Momento mágico de sorrir, chorar e preocupar-se com a documentação necessária. A propósito, bom de quêí e de apadrinhamento sempre é um político amigo.
Segundo uma matéria lida por mim, dias atrás, elaborar currículo não é fácil não e selecionar quais informações merecem mais ou menos destaque é o desafio. Por isso que você deve ter mais de um modelo, sempre traduzindo a verdade da sua vida profissional e torcendo para que os contratantes levem em consideração. Mãos à obra elaborar o seu melhor currículo sem algumas palavras e expressões que você não deve colocar, sugestão de exame.abril.com.br/carreira.
Começando por liderança, que uma simples indicação não acrescenta nada, a não ser que esteja muito ligada às suas experiências. Pontual é outra palavra nada a ver como uma qualidade, já que se espera da pontualidade uma razão da sua vida. Bom comunicador não quer dizer muita coisa sobre você e na possível entrevista poderá demonstrar, mas não se esqueça de que menos é mais e ser prolixo não qualifica ninguém. Altamente qualificado pode ser tudo menos o que interessa, deixe para o avaliador descobrir isso ao vivo.
Ambicioso é assunto só seu e se espera um mínimo de ambição na sua vida, mas não precisa declarar como também escrever a expressão “trabalho em equipe” não dirá nada, a não ser deixar mais vago o seu resumo. Melhor falar de resultados atingidos em grupo, se acontecidos positivamente. Eu tenho comigo que uma equipe, com exceções, se nivela por baixo, parece que um fica esperando o outro. Eu disse que tenho comigo, não é regra.
Inovador é outro adjetivo desnecessário e inovação é uma qualidade que um candidato dificilmente conseguirá destacar num currículo sem exemplos. Ser inovador num sentido pode não ser o que o selecionador deseja. Já escrever honesto, pelamor, todo mundo espera que qualquer um seja por lema de vida. Nenhuma empresa escolhe você por ser honesto, ela espera isso de você, como pressuposto básico.
“Meu objetivo é...”. Cuidado! A maneira como você se descreve, tanto nas responsabilidades como no objetivo pode definir a sua vaga. Excesso de criatividade, informações não pertinentes e expressões que não trazem informação alguma devem ser evitados na elaboração do seu currículo. Ah, ortografia e escrever certo são essenciais.
Pelo Houaiss currículo é substantivo masculino e é um documento em que se reúnem dados relativos às características pessoais, formação, experiência profissional e/ou trabalhos realizados por um candidato a emprego, atividade de autônomo, cargo específico, etc. E neste domingo, cinco de três de dezessete, continuarei no tema semana que vem, pois ainda sobram palavras para serem ditas e o meu espaço esvaiu-se.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 11Exibido 77 vezesFale com o autor