Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
122 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56462 )
Cartas ( 21121)
Contos (12490)
Cordel (9844)
Crônicas (21809)
Discursos (3123)
Ensaios - (9983)
Erótico (13198)
Frases (41494)
Humor (17696)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (136956)
Redação (2885)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4478)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Ursulino Santos -- 06/08/2009 - 22:21 (José Ronald Cavalcante Soares) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A voz grave e pausada da amiga, ao telefone, antecipava à minha mulher que o desenlace havia ocorrido: o querido amigo iniciara a grande viagem em direção ao Criador, encerrando nesta terra uma existência pontilhada de fatos marcantes e, nos ultimos anos, marcada por uma luta titânica contra a doença.
Da última vez que nos vimos, em Brasília, ficou a impressão de que tudo ia bem, pois havia nele aquela energia positiva, o bom humor, a conversa franca e recheada de recordações de sua vida de magistrado na Colenda Corte. Jantamos em sua residência, Alice, Elzy, ele e eu, num clima de descontração e amizade.
É, querida Elzy, o seu velho companheiro de caminhada, o Santos, como você gostava de chama-lo, recebeu o convite irrecusável para se desprender desta nossa gaiola redonda e maltratada pelos homens e foi conversar com o Senhor, contar para ele as suas proezas, enfim, ficar ao lado d`Ele.
Do amigo que partiu trazemos um número bastante alentado de boas recordações: a presença prestigiando a nossa posse na presidência da Corte Regional; a ajuda inestimável quando perdemos, por extravio, três volumes de nossa bagagem ao regressarmos dos Estados Unidos; uma carona gentil lá em Brasília, afinal, foram tantos gestos de carinho e de amizade, que seria necessário escrever linhas e mais linhas.
De propósito, deixei de referir as suas sustentações na tribuna do TST, falando sempre em tom coloquial, sem rebuscamentos de linguagem, simples e objetivo, mas tudo enquadrado no contexto da matéria questionada.
Era assim, em linhas apressadas e perpassadas pela emoção, o Ministro Ursulino Santos Filho, amazonense de rara cepa, amigo daqueles que a gente irremediavelmente chora ao ver partir.
Queremos, nesta hora de dor, enviar nossas condolencias à família enlutada e o nosso abraço de profundo pesar para Elzy.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui