Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
82 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54936 )
Cartas ( 21059)
Contos (12122)
Cordel (9541)
Crônicas (21128)
Discursos (3109)
Ensaios - (9910)
Erótico (13133)
Frases (39891)
Humor (17552)
Infantil (3560)
Infanto Juvenil (2308)
Letras de Música (5413)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135633)
Redação (2874)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2374)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4194)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Acreditar -- 06/04/2017 - 05:00 (Sydia Mabel Araújo Lopes) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Acreditar








Colocar crédito de confiança no que é dito, mesmo existindo vácuos naquilo não dito. O não dito pode ser o de maior credibilidade ao fiador de uma suposta sinceridade alheia. Sim, pois tudo à volta não pertence a ninguém, a não ser à boca de onde saem todas as mentiras tidas como verdade. Medir a veracidade das palavras sempre é um ato difícil e complexo, salvo a prova dos nove no momento de medir todas as atitudes.


Ficamos assim reféns das palavras ditas como sinceras até o momento da libertação por atitudes. Elas soltam ou prendem, a depender do fiador que por livre escolha, resolve colocar ou não ao ser praticante, a continuidade ou desistência em nutrir esperança na humanidade tão distante da verdadeira essência humanitária.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 0Exibido 61 vezesFale com o autor