Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
94 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54835 )
Cartas ( 21056)
Contos (12106)
Cordel (9509)
Crônicas (21076)
Discursos (3107)
Ensaios - (9896)
Erótico (13126)
Frases (39798)
Humor (17544)
Infantil (3558)
Infanto Juvenil (2308)
Letras de Música (5411)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135516)
Redação (2869)
Roteiro de Filme ou Novela (1034)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4172)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Modelo Menstruada X Vendedora Com Regras -- 05/06/2017 - 12:31 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Modelo Menstruada X Vendedora Com Regras
Uma fofoca que está agitando esta semana foi a demissão da modelo Rachel Rickert por estar menstruada. Esta jovem estava trabalhando como recepcionista de eventos numa feira de automóveis. Porém, na metade da festa, ela pediu para ir ao banheiro porque estava menstruada. Porém seus chefes não deixaram. O problema é que a menstruação vazou e sujou a sua roupa da moça. Mas quando ela pediu um uniforme novo, explicando a sua situação, a modelo foi mandada embora sem receber o salário do dia e ainda reclamaram pelo fato dela estar menstruada.
Bem, quando trabalhei no comércio, não tive este tipo de problema. Aliás, no dia em que minha menstruação vazou em público, o fato me ajudou a vender mais.
Sempre tive as regras desreguladas e isto já me causou alguns transtornos. Um dia, eu estava trabalhando numa loja, vestindo roupas claras porque era verão. De repente, duas senhoras entraram no estabelecimento e eu fui atende-las. No meio da venda, senti algo estranho nas minhas calças. Porém, não dei bola. Quando subi ao estoque para pegar os calçados que uma das senhoras pediu, a acompanhante dela exclamou:
- Isto que é funcionária dedicada de verdade!
- Dá o sangue pelo serviço!
- As regras sujaram as roupas e mesmo assim ela não deixou de atender as freguesas!
- Eu acho até que comprarei mais produtos só pelo esforço balconista. Pois trabalhar manchada de regras não é para qualquer uma!
Ao escutar aquilo, fiquei com vergonha e entendi o aconteceu. Porém, mesmo assim, trouxe o sapato que a moça que pediu. Desta maneira as senhoras compraram vários produtos.
Depois que elas foram embora, perguntei à gerente:
- Será que tem alguma calça velha sobrando para eu trocar?
Esta chefe, que tinha visto tudo, explicou:
- Tem a calça velha que a diarista usa no armário ao lado da cozinha.
Desta maneira fui ao banheiro, me troquei e continuei o meu trabalho. Se a Rachel Rickert trabalhasse nesta loja, ela não teria tantos problemas com sua menstruação.
Luciana do Rocio Mallon

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui