Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
23 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54835 )
Cartas ( 21056)
Contos (12106)
Cordel (9508)
Crônicas (21076)
Discursos (3107)
Ensaios - (9896)
Erótico (13126)
Frases (39797)
Humor (17544)
Infantil (3558)
Infanto Juvenil (2308)
Letras de Música (5411)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135514)
Redação (2869)
Roteiro de Filme ou Novela (1034)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4172)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->A fuga de D. Bidião -- 04/08/2017 - 13:31 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Após a fuga de D. Bidião, as devotas, resolveram estabelecer um plano de busca e apreensão do pároco. Fizeram Lalá e o eunuco de reféns submetendo-os a todo o tipo de tortura. O eunuco ficou sem comer nem Veber. Lalá de alvo na roleta russa com elas atirando facas e balas de todos os calibres. A cada fino dos projéteis e facas, Lalá ia ficando vesga e tentando esquivar-se o máximo que pudesse. Ao final de cinco dias de tortura, Lalá e o eunuco simularam a própria morte para que as beatas os deixassem em paz. Quando perceberam que daquele mato abaixo da linha do Equador não haveria respostas, partiram em busca de novas pistas do casal foragido. Colocaram nos canais de comunicação digital, as fotos dos dois fugitivos com dizeres de procura-se vivos ou mortos. As beatas lideradas por Dona Rosinha Puxinanã, resolveram comunicar o fato do desaparecimento ao Sumo Pontífice.
Os dias foram passando e enquanto isso, D. Bidião e a fiel devota resolveram estabelecer um processo de catequese e de alfabetização da população ribeirinha da Lagoa Manguaba que estava situada a 180 graus do lado sul da Linha do Equador, ficando por ali até que as beatas apaixonadas e enciumadas se acalmassem. O tempo foi passando e uma nova clientela do pároco foi se formando e a admiração pelo representante da boa-aventurança foi ficando cada vez maior.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui