Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
90 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54945 )
Cartas ( 21059)
Contos (12121)
Cordel (9543)
Crônicas (21131)
Discursos (3109)
Ensaios - (9910)
Erótico (13133)
Frases (39899)
Humor (17551)
Infantil (3560)
Infanto Juvenil (2308)
Letras de Música (5414)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135650)
Redação (2874)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2374)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4195)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->1889 - Prefeitos -- 09/09/2017 - 14:00 (Jairo de A. Costa Jr.) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
1.889 – Prefeitos
Você sabe o que é Presidente da Intendência, não? Entre mil oitocentos e oitenta e nove e mil e novecentos havia a Câmara Municipal, o Conselho de Intendentes e se notava o Presidente da Intendência, que era o titular da Administração. Já respondendo a pergunta inicial, era a denominação anterior de Prefeito Municipal, expressão adotada a partir de fevereiro de mil novecentos e um.
Nosso primeiro Presidente da Intendência foi José Leme Brizolla, nomeado e depois seguem, com mandatos de um ano, João Alfredo Leme Brizolla, Manoel Fogaça de Almeida, José Borges Vieira, Sizinio Deoclécio Oliveira e Silva, Antônio Mariano de Oliveira Prestes, Manoel Joaquim de Oliveira Prestes e Pedro Galvão Nogueira, fechando o primeiro período de administradores do Governo Municipal.
O primeiro Prefeito Municipal de São Miguel Arcanjo foi Joaquim Leonel Monteiro, em mil novecentos e um, substituído no mesmo ano por Pedro Galvão Nogueira e após por Francisco Alcindo Monteiro, esclarecendo que até mil novecentos e trinta o mandato era de um ano, sendo esse o segundo período de prefeitos. Estou tirando as informações da Wikipédia pelo pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_prefeitos_de_Sao_Miguel_Arcanjo, extenso mas fácil de pesquisar, podem confirmar. Se não errei na conta, nesse período passaram dezenove nomes pela Prefeitura, não sendo possível menciona-los todos, fechando com o último Benedito Antônio de Souza, em três mandatos – vinte e sete, vinte e nove e trinta.
O terceiro período pode-se considerar dos anos de mil novecentos e trinta (final) até o ano de mil novecentos e quarenta e sete, quando os prefeitos foram nomeados, começando por Edwirges Monteiro, depois Leontino Arantes Galvão, com sete nomes dirigindo a prefeitura até o final do período, fechando com João Paulino da Silva Júnior e dos sete, eu convivi com dois – Nestor Fogaça e Alcidino França.
O quarto e último período inicia-se no ano de mil novecentos e quarenta e oito, os prefeitos eleitos e empossados fazem parte do chamado Estado Novo, começando com Nestor Fogaça, que exerceu três mandatos de quatro anos, vindo a falecer em pleno mandato em dez de fevereiro de mil novecentos e sessenta e oito, assumindo a Prefeitura o Vice-Prefeito Cassiano Vieira e entremeados com Nestor Fogaça assumiram mandatos Antônio Ferreira Leme e Francisco Fogaça de Almeida (Cirico), cujo mandato eu tenho lembranças e dele tenho memórias do Estádio Municipal, quando ele ajudava o Esporte Clube São Miguel, que ganhou uma das etapas do Campeonato Estadual da Terceira Divisão.
Depois do Cassiano, foi eleito novamente Alcidino França, com mandato de sessenta e nove a setenta e três, substituído por José França até setenta e seis. Na eleição de setenta e seis eu participei mais, quando apoiei o candidato Jaime Tozzo e levamos uma lavada do Prefeito eleito, Luiz Gonzaga Albach, o Zaga. Nosso carro de campanha era o Opalão do Cassiano, dirigido pelo seu neto Homero e posso dizer que foi mais auê do que outra coisa. O Jaime mudou-se para Ribeirão Branco e parece que foi Prefeito por lá e Vereador em Capão Bonito, não tenho certeza, quem o conhece sabe mais do que eu.
Em oitenta e dois ocupou a Prefeitura Agenor Ferreira Lopes, seguindo com Policarpo Torrell Neto – o Carpinho e José Antonio Terra França, os dois com dois mandatos cada e no meio deles o Zaga novamente, com Miguel José Ribeiro numa parte do seu governo. Após, Antônio Celso Mossin, eleito e reeleito, de dois mil e cinco a dois mil e doze, seguido de Tsuoshi José Kodawara até dezesseis, quando o atual Prefeito Paulo Ricardo da Silva foi eleito com mandato até dois mil e vinte, ele é mais conhecido por Paulo Oreia, o que espero e desejo que faça um excelente governo.
Neste sábado, nove de nove de dezessete, eu fui ao site da Prefeitura na busca de material para escrever sobre as licitações municipais e acabei com este tema dos prefeitos; ainda bem, pois chega de falar em burocracia.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 13Exibido 18 vezesFale com o autor