Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
94 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55322 )
Cartas ( 21071)
Contos (12177)
Cordel (9605)
Crônicas (21333)
Discursos (3113)
Ensaios - (9920)
Erótico (13145)
Frases (40227)
Humor (17570)
Infantil (3576)
Infanto Juvenil (2310)
Letras de Música (5418)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135943)
Redação (2881)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4238)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Erótico-->A MULHER DE PEDRA -- 25/11/2017 - 17:45 (valentina fraga) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Aquela cadeia de montanhas
Me dizia muito mais que apenas
Um aglomerado de morros baixos
E outros muito altos.
E quando o olhava de longe
Formavam a silueta de uma mulher.
Via nitidamente, os cabelos jogados
Para trás, depois a testa, nariz,
Boca, queixo...
Em seguida, dois montes formavam os seios,
E uma plataforma não muito reta,
Seria a barriga.
Já era mulher, de carnes fartas,
Exuberante!
Logo em seguida, a montanha mais alta
Lembrava sua perna dobrada.
Não sei se era apenas uma,
Não sei se era apenas o descanso,
Ou naquele instante, ela aguardava
Receber alguém, que viesse sobre ela,
Fazendo o contorno imóvel,
Ganhar vida.
Da varanda da casa
Eu me perdia em pensamentos
Sobre aquela mulher de pedra,
Que nem mulher era,
Apenas pedra.
Mulher apenas, em meus delírios,
Tão particulares.

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 14Exibido 96 vezesFale com o autor