Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
132 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56470 )
Cartas ( 21122)
Contos (12490)
Cordel (9844)
Crônicas (21810)
Discursos (3123)
Ensaios - (9983)
Erótico (13198)
Frases (41497)
Humor (17697)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (136957)
Redação (2885)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4478)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Bêbado* -- 23/01/2018 - 16:46 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Bêbado*


Bêbado à garrafa de whisky:


- Eu num tô nem aí; eu num tô nem aqui; num sei nem onde tô... Quero é beber mais!


Conselho da garrafa:


- Chega, amigo, já bebeu demais! Lembre-se de que amanhã é dia de serviço, precisa trabalhar e, para isso ocorrer bem, necessita de dormir um pouco.


- Sei disso. Quer dizer também que não posso pilotar o carango?


- Acertou.


- No caso, chamarei um táxi.


- Ótimo, encerremos o assunto.


- Sim, mas antes vou tomar outro gole.


Moral da história: tomou todas as que desejou, não pediu táxi, adormeceu-se na mesa, quando acordou, no dia seguinte, não era mais hora de ir para o trabalho.


* B rasília, DF, 23/01/2018.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 27Exibido 81 vezesFale com o autor