Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
109 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57020 )
Cartas ( 21138)
Contos (12544)
Cordel (9893)
Crônicas (21963)
Discursos (3125)
Ensaios - (10052)
Erótico (13234)
Frases (42176)
Humor (17912)
Infantil (3635)
Infanto Juvenil (2385)
Letras de Música (5453)
Peça de Teatro (1313)
Poesias (137362)
Redação (2894)
Roteiro de Filme ou Novela (1050)
Teses / Monologos (2382)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4542)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Sobre os Religiosos Radicais Que Criticam a Zoombie Walk -- 12/02/2018 - 17:26 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Sobre os Religiosos Radicais Que Criticam a Zoombie Walk
Antigamente, os religiosos fundamentalistas eram mais coerentes. Pois, no Carnaval, frequentavam os retiros cristãos e voltavam felizes.
Hoje, alguns vão até o Carnaval da Zoombie Walk filmam e ficam esculhambando com os participantes.
Deve ser porque estas pessoas morrem de vontade de frequentar o evento. Mas não tem coragem e por isto criticam a diversão dos outros.
Ora, uma pessoa satisfeita com a vida espiritual não fica filmando e criticando outros seres humanos por causa de estilo de vida. Um religioso de verdade tem o contato com o Poder Superior de forma plena. Pois não se importa com a vida alheia porque o mais importante é alcançar a Deus.
Por isto, nem ligo mais quando algumas criaturas, que se dizem religiosas, me chamam de Diaba, ou, de Pomba Gira só porque escrevo lendas populares. Afinal, o problema destas pessoas é com elas mesmas e não comigo. Toda a crítica negativa sempre bate na minha rola, que vira pomba, depois gira e voa.
Luciana do Rocio Mallon


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui