Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
125 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56704 )
Cartas ( 21128)
Contos (12515)
Cordel (9863)
Crônicas (21885)
Discursos (3121)
Ensaios - (9999)
Erótico (13200)
Frases (41685)
Humor (17749)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137071)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4518)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->O silêncio emoldurado -- 06/03/2018 - 07:42 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O silêncio emoldurado

Bastava apenas ali está em algum lugar que se dera por satisfeito. Os falares ecoavam de todos os lados aos prantos rastejando por um minuto de silêncio. Não havia nada além do silêncio firme e forte e um pouco orgulhoso de si, pois sabia que por onde caminhasse, não haveria paz. Emoldurou-se de ecos vindos de toda a parte a lugar nenhum porque somente o silêncio lhe era perspicaz.
Na natureza, os animais e as plantas viviam harmoniosamente com o rei das vozes: o silêncio do predador, o Leão. A dormir, mal sabia que o reino em torno dele girava. E como girava! Mas, acordou! E o seu rugido reinou no silêncio da natureza.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui