Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
124 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56731 )
Cartas ( 21128)
Contos (12525)
Cordel (9865)
Crônicas (21901)
Discursos (3121)
Ensaios - (10001)
Erótico (13200)
Frases (41763)
Humor (17750)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5450)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137080)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4528)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Olhos negros -- 03/04/2018 - 11:10 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Olhos negros

Sentimentos imersos deram-lhe a cor e sabiamente, a natureza reservou-te o olhar aprofundado. Nada ao foco consegue desviar à pupila precisa onde a imagem traduz-se e apresenta ao imaginário, um elemento a compor o desenho à tela. O olhar refletido desnuda a alma que faz ecoar os sentidos outrora tidos por posse. Sentidos pertencem. Sentimentos não. Confundes teu olhar com o sentir e o caos necessário se figura na interpretação. E lá, estão os olhos negros sob vigília do que nada há de ocorrer, senão a vigília. Figura então a expectativa a transportar e ensaiar a peça teatral da (intra) interpretação do exame visual de cada olhar a compor o buraco negro do universo daqueles olhos negros.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui