Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
133 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56699 )
Cartas ( 21128)
Contos (12515)
Cordel (9863)
Crônicas (21885)
Discursos (3121)
Ensaios - (9999)
Erótico (13200)
Frases (41685)
Humor (17749)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137070)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4518)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->A GAIVOTA DE SANTO ILDEFONSO -- 14/04/2018 - 20:26 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

A gaivota de Santo Ildefonso
Jan Muá
Porto, 14 de abril de 2018

Bonita cinza e pujante
A Gaivota sempre estava por ali de atalaia
E insistia em se acercar da vitrine
Onde havia bolo e pasteis de nata apetitosos
Ficava olhando ao longe de soslaio
E de quando em quando esvoaçava para perto da vitrine
Só encontrando resistência na voz e na ação do Garcez que falava com ela de igual para igual
-Sai, xus!
Mas ela insistia
E enquanto o Garcez repetia xus
Ela, furtivamente, dava umas corridinhas para alcançar a doçaria exposta
Por vezes o Garcez atendia-a com a gorjeta de umas migalhas caídas das mesas dos clientes da pastelaria
E neste vaivém quotidiano, a Gaivota Bonita cinza e pujante mantinha com o Garcez uma relação de vigilância de amor e de desconfiança
Até que um dia o Garcez que era seu patrono se distraiu quando foi atender um freguês e a Gaivota Bonita cinza e pujante avançou por uma das prateleiras abertas da vitrine e pegou e segurou no bico o maior pedaço de bolo que ali havia fazendo cá fora com outras gaivotas cúmplices às bicadas um banquete de festa de fim de semana dando um prejuízo de dez euros e meio à pastelaria
Despesa que o Garcez teve de pagar ao patrão em nome de sua protegida Gaivota bonita cinza e pujante!
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 87Exibido 102 vezesFale com o autor