Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
135 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56732 )
Cartas ( 21128)
Contos (12525)
Cordel (9865)
Crônicas (21901)
Discursos (3121)
Ensaios - (10001)
Erótico (13200)
Frases (41763)
Humor (17750)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5450)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137080)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4528)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Saudades do Merthiolate Vermelho Que Ardia -- 15/04/2018 - 16:11 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Saudades do Merthiolate Vermelho Que Ardia
Quando eu tinha cinco anos, caí no roseiral do jardim de infância, onde estudava, e arranhei a perna. A professora, que viu tudo, me levou até a secretaria, pegou uma caixa de primeiros socorros e disse:
- Primeiro passarei álcool com algodão e depois Merthiolate.
Assim eu perguntei:
- Merthiolate é um cachorro?
- Ele latirá, agora?
A mestra explicou:
- Não, Merthiolate é um remédio que passamos nos arranhões para evitar infecções.
Após estas palavras, ela pegou um vidro e passou um líquido vermelho, no meu machucado, que ardeu um pouco. Então a professora soprou. Assim tive a impressão de que ela se transformou num tipo de fada, quando a brisa bateu em seus cabelos no momento do sopro. Depois a professora fechou o curativo com band-aid.
Quando fui para a segunda série, estudamos os planetas na aula de Ciências. Porém na hora de responder a seguinte questão na prova:
“Cite os nomes dos planetas do Sistema Solar”.
Eu escrevi:
“Merthiolate, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão.”
Porém na hora da entrega dos testes, notei que a professora riscou o Merthiolate e colocou a palavra Mercúrio no lugar.
Já nos anos noventa, passaram a fabricar o Merthiolate transparente e sem ardência. Assim este produto perdeu a graça para mim. Mas, também, eu era adulta e nem me machucava tanto mais...
Dias atrás, eu estava numa rede social e vi a seguinte frase de um escritor anônimo:
“ Desde que o Merthiolate acabou de doer, surgiu a geração mimimi”.
Luciana do Rocio Mallon





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui