Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
116 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56600 )
Cartas ( 21127)
Contos (12498)
Cordel (9854)
Crônicas (21849)
Discursos (3121)
Ensaios - (9994)
Erótico (13199)
Frases (41604)
Humor (17727)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137016)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Leitura da Ordem Bidiônica -- 01/07/2018 - 15:25 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Mosteiro Bidionico

Padre Bidião subiu no morro da macacada na terra do humanista Artur Ramos e dos Bagres,bode dera, falou a comunidade do Monte: Em verdade vos digo: Deus é Deus e sofre angústia bem aventuradas nos céus a Deus dará, quem precisa ser fiel aos humanimais são os pregadores. Após a exaltação do inrrevetente reverendo, fé deu no resinto da aleluia no verbo do sacerdote, encerrando suas palavras fez oração ao santo Bode Frederico na cidade do Pilar apilado.

Glória a voz Bidiônica.

O Cordeiro do Pilar que pague o pecado apilado.

Vai a paz

Padre Bidião.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui