Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
109 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56597 )
Cartas ( 21127)
Contos (12497)
Cordel (9854)
Crônicas (21848)
Discursos (3121)
Ensaios - (9994)
Erótico (13199)
Frases (41604)
Humor (17726)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137016)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4492)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->O Dia Em Que Me Chamaram de Gansa Cabaça -- 30/10/2018 - 14:39 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O Dia Em Que Me Chamaram de Gansa Cabaça
Dias atrás, eu estava andando pelo centro da cidade onde moro, Curitiba. Quando, de repente, um ciclista invadiu a calçada onde eu andava como pedestre, quase me atropelou e gritou:
- Sai da frente, gansa cabaça!
Naquele momento, não entendi bem o xingamento. Mas no caminho da volta, dentro do ônibus, comecei a refletir sobre a frase. Logo conclui que, realmente, sou uma gansa cabaça. Pois sempre achei errado ter relações íntimas antes do casamento e por isto me guardei até hoje. Além de tudo, tenho consciência de que nunca poderei namorar e nem casar porque tenho dois problemas que me impedem de realizar estes sonhos: Fibromialgia e Chron no intestino.
A Fibromialgia causa dores horríveis no corpo e não permite que alguém me toque com mais intimidade. O Chron no intestino, de vez em quando, deixa o meu aparelho preso e, ás vezes, solta demais. Assim eu defeco sem parar e fico, realmente, parecendo uma gansa. Deste jeito, permaneço com o cheiro horrível e tenho vergonha de me aproximar das pessoas.
Algum tempo depois, pesquisei sobre a simbologia da gansa e descobri que, na Idade Antiga, em alguns lugares da Europa este animal simbolizava a guardiã das lendas. Por isto é comum o desenho onde uma gansa conta histórias para as crianças. Através disto notei que, realmente, sou uma gansa porque sou escritora de lendas.
Logo depois assisti a um vídeo onde uma noiva falou que permaneceu virgem até os 22 anos e depois se casou. Não vi nada demais, nestas atitudes, porque tenho 44 anos e ainda sou virgem. A idade e as doenças não me permitem mais sonhar com um romance ou casamento. Porém a figura da gansa cabaça renasce a cada segundo em mim. Todo o minuto chega uma nova inspiração para escrever um poema e todos os dias descubro uma lenda desconhecida para relatar às novas gerações.
Portanto, desejo vida longa para a gansa cabaça que vive dentro do meu espírito. Esta mesma gansa sonha com um amor que tive no passado e por mais que me rejeite, sinto que ele está a cada fantasia mais perto de mim.
Luciana do Rocio Mallon



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui