Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
108 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56715 )
Cartas ( 21128)
Contos (12517)
Cordel (9864)
Crônicas (21893)
Discursos (3121)
Ensaios - (10001)
Erótico (13200)
Frases (41727)
Humor (17749)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137078)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4523)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Aromas Inesquecíveis dos Anos 80 e 90 -- 19/11/2018 - 16:41 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Aromas Inesquecíveis dos Anos 80 e 90
Sempre relaciono lembranças boas do passado com roupas, músicas e comidas. Raramente faço ligações com cheiros porque tenho rinite e meu nariz, geralmente, vive trancado. Porém quando consigo sentir um aroma é porque, na verdade, ele tem uma essência inesquecível.
Eu tinha cinco anos quando experimentei meu primeiro perfume na vida. Cheguei perto da penteadeira da minha avó, vi uma embalagem pink e como estava aprendendo a ler soletrei vagarosamente:
- L-E-I-T-E DE R-O-S-A-S.
Então fiz a seguinte pergunta para mim mesma:
- Leite de rosas?
- Isto é perfume ou é leite para tomar?
- Bem, vou cheirar primeiro...
- Se tiver aroma bom eu passo no pescoço. Porém se não cheirar nada, eu bebo.
Senti o aroma, gostei e passei no corpo.
Como se tratava de um perfume com o preço acessível, usei ele durante a minha adolescência. O problema é que as pessoas perguntavam:
- Qual é o nome da colônia que você usa?
Mas eu não respondia porque tinha medo de ser julgada só pelo fato do produto ser barato.
Muitas mulheres, da minha idade atual, não gostam da colônia chamada Toque de Amor da Avon porque costumam dizer isto sobre ela:
- Não suporto esta fragrância!
- Isto é cheiro de velha!
Porém comigo acontece exatamente o contrário. Pois todas as vezes que eu visitava minhas avós e tias da melhor idade, sempre ia até as penteadeiras delas e abria a colônia Toque de Amor. Como todas estas senhoras eram doces comigo passei a relacionar este aroma com meiguice.
Minha avó paterna tinha um armário de madeira, onde os traços formavam figuras de monstros. Por isto, morria de medo daquele móvel. Numa tarde de primavera, exclamei:
- Hoje, abrirei aquele guarda-roupa!
- Pois, não quero sentir mais medo!
Assim abri o armário e, de repente, um aroma me surpreendeu. Logo vi que tinha um vidro de Toque de Amor aberto dentro deste guarda-roupa e o cheiro dele se misturou com o aroma de naftalina formando um perfume especial que me encantou, principalmente, depois que vi as roupas maravilhosas que estavam guardadas naquele roupeiro.
Ainda bem que os perfumes, Toque de Amor e Leite de Rosas, estão à venda até hoje.
Já, minha adolescência, foi marcada por duas colônias: Stylleto, do Boticário, e After Sport da Atkinsons. Nos anos 90, quando sobrava dinheiro eu sempre comprova o After Sport, nos mercados, porque na época não tinha grana o suficiente para adquirir os produtos do Boticário. O After Sport sumiu das prateiras, dos mercados, em meados dos anos 2000. Se alguma blogueira de beleza souber a razão do desaparecimento dele, por favor, entre em contato comigo.
Outra colônia que marcou meus anos 90 foi Zíngara do Boticário. Ganhei meu primeiro vidro na formatura do segundo grau, onde me dediquei demais aos estudos. Este perfume era um floral verde. Ele também desapareceu em meados dos anos 2000. Dizem que ele voltou, em 2016, num estojo da linha Cecita, mas ainda não tive a oportunidade de experimentar esta nova versão. Diz o mito que Zíngara significa cigana na Língua Italiana e que o nome do perfume foi baseado na lenda de uma cigana medieval que foi parar num reino da Itália onde as pessoas eram tristes porque não sentiam olfato. Um dia, ela misturou várias flores, confeccionou uma colônia e fez todas as mulheres da aldeia experimentarem em seus corpos. Assim todos voltaram a sentir olfato e ficaram felizes.
Outro cheiro inesquecível dos anos 90 era o aroma do batom Neon, da Avon. A cor dele era lilás cintilante e tinha um perfume de uva. O Neon saiu do catálogo. Mas até hoje entro em contato com a Avon para que ela volte a fabricar este batom.
Então, estes foram os perfumes que me encantaram nos anos 80 e 90.
Quais colônias, do passado, fazem você viajar no tempo?
Luciana do Rocio Mallon




Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui